Arquivo da tag: CODERN

CODERN começa a apresentar Minuta de Proposta do PDVE aos empregados do Porto-Ilha

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) apresentou, nesta quinta-feira (25), a Minuta de Proposta do Programa de Desligamento Voluntário do Empregado (PDVE), ao Turno A dos empregados do Terminal Salineiro de Areia Branca (TERSAB), que foi arrendado no dia 05 de novembro de 2021, pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), na Bolsa de Valores de São Paulo. Daqui a 15 dias será apresentado aos empregados do Turno B.

O PDVE passou por ampla discussão com os empregados e é uma das opções que a empresa oferece para os empregados: “Reafirmo a nossa preocupação com os funcionários. Nós vamos discutir individualmente com cada um e oferecer possibilidades, como o Plano de Desligamento Voluntário do Empregado (PDVE), que proporcionará a abertura de vagas em Natal e Maceió, de forma que se possa ofertar esses postos àqueles que hoje estão em Areia Branca, além da possibilidade de Cessão e Movimentação para outros órgãos”, afirmou o Diretor-Presidente Substituto da CODERN, Ulisses Danilo Silva Almeida.

O Diretor reafirmou a importância do arrendamento do TERSAB para a CODERN que todos desejam no futuro: “Vocês, funcionários, tenham certeza de que sempre estiveram e estarão à frente das nossas decisões”, finalizou.

CODERN participa da Expofruit 2021

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) é participante e patrocinadora do maior e principal evento de fruticultura do país, a Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada – Expofruit, que foi aberta oficialmente na noite desta quarta-feira (24), na Estação das Artes de Mossoró, com a presença de autoridades. A programação ainda contará com cursos, oficinas e painéis com várias temáticas ligadas à fruticultura.

A expectativa da organização da Expofruit é receber um público de cerca de 15 mil pessoas entre os dias 24 e 26 de novembro, das 08 às 23h, além de promover a geração de negócios e troca de experiência em diversos temas relacionados à produção de frutas. “O Porto de Natal, administrado pela CODERN, faz grande parte do escoamento de frutas e a Expofruit proporciona um ambiente favorável a novas perspectivas de negócios e clientes. Esse evento é muito importante para a economia do Rio Grande do Norte”, avaliou o Diretor-Presidente Substituto da CODERN, Ulisses Danilo Silva Almeida.

Cerca de 40% das exportações de frutas do país saem do Rio Grande do Norte, a produção é destinada ao consumo interno e a exportação tendo a Europa como principal destino, sobretudo o Reino Unido e a Holanda. Atualmente, o setor emprega diretamente 20 mil pessoas e mais de 50 mil de forma indireta.

CODERN apresenta pleitos para o Porto de Natal em reunião com Bancada Federal

O Diretor-Presidente Substituto da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), Ulisses Danilo Silva Almeida, participou, na manhã desta segunda-feira (8), de reunião no auditório da FIERN, com a Bancada Federal do Rio Grande do Norte, para solicitar emendas parlamentares à Lei Orçamentária Anual (LOA) da União em 2022. O dirigente estava acompanhado do Gerente de Planejamento e Orçamento, Francisco de Assis Xavier Reis.

Com o arrendamento do Terminal Salineiro de Areia Branca, a Companhia solicitou recursos para o Porto de Natal. Entre os principais pleitos apresentados estão a aquisição, instalação e manutenção de um scanner de contêineres, já que o equipamento em funcionamento atualmente é alugado; obras de ampliação da retroárea do Porto de Natal; recuperação estrutural do Cais dos Berços 1 e 2; recuperação das defensas de atracação, dentre outros, totalizando em R$ 36 milhões em investimentos.

O Diretor-Presidente Substituto mostrou a importância do Porto de Natal para o desenvolvimento socioeconômico do Rio Grande do Norte. “Pedimos o apoio das senhoras e senhores parlamentares. Os investimentos no Porto de Natal se somando ao que está sendo feito no Terminal Salineiro de Areia Branca, representam milhares de empregos, renda e o fortalecimento da cadeia produtiva do Estado”, afirmou.

Ulisses aproveitou para mostrar o que vem sendo feito desde 2019 no sentido de sanar dívidas anteriores, bem como o implemento de medidas de gestão como estratégia de fazer a empresa crescer e atender melhor os usuários dos Portos.