Arquivo da tag: Porto de Natal

Porto de Natal registra movimentação intensa de navios

Desde o último fim de semana, o Porto de Natal está utilizando todos os berços de atracação, inclusive, nesta terça-feira (16), atracou o “MS Pacific Princess”, um cruzeiro de propriedade da Princess Cruises, com 700 passageiros e 350 tripulantes vindos de Jamestown, Estado de Virgínia (EUA), para um dia de passeio na capital potiguar. O próximo destino é Fortaleza (CE).

Fotos: Canindé Soares

Porto de Natal dia 16 de abril

O navio oferece diversas opções gastronômicas, com destaque para o restaurante de especialidades italianas, que foi votado como um dos “Melhores Restaurantes de Especialidades de Cruzeiro”. Dispõe, também, de lojas, cassino, biblioteca, piscinas, SPA, espaços para a prática de esportes, teatro e academia.

Além do cruzeiro, estão atracados no Porto de Natal o “Cayene” da CMA CGM, que transportará contêineres refrigerados com frutas para a Espanha; e o “CBO Niterói”, que chegou no dia 06 de abril para realizar serviços de manutenção na embarcação. Ainda, o “MV Federal Elbe”, que trouxe trigo do Uruguai para o Moinho Dias Branco, e a Fragata Liberal da Marinha do Brasil, desatracaram nesta manhã. Sem falar nas várias rotas semanais de embarcações de pequeno porte para o abastecimento do Arquipélago de Fernando de Noronha (PE).

O “Cayene” é o segundo navio da CMA CGM, empresa francesa que opera no Porto de Natal e retomou as atividades depois de paralisação no mês de março, quando foi estabelecido um diálogo com a nova diretoria da CODERN.

Porto de Natal dia 15 de abril

Porto de Natal é o primeiro do Brasil a receber a Fragata “Liberal” após missão no Líbano

A Fragata “Liberal” da Marinha do Brasil atracou no Porto de Natal, nesta quinta-feira (11), após permanecer seis meses em missão pela Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL), onde conduziu operações de interdição marítima a fim de prevenir a entrada de armas não autorizadas no território, bem como qualquer material correlato, além de contribuir para o adestramento da Marinha Libanesa. A capital potiguar foi a primeira parada no Brasil.

O Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), Almirante Elis Treidler Öberg, acompanhou a chegada do navio ao som da Banda do Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal dando as boas-vindas. Após atracação, o Almirante foi recepcionado pelo Comandante, Capitão de Fragata Cláudio Henrique Teixeira Correia.

Alguns familiares aguardavam o desembarque dos militares que estavam a bordo, entre eles Natália Luna, namorada do Cabo Elielson Glaudeno. “Hoje fazemos dois anos e quatro meses de namoro. Fazia 14 meses que não nos víamos. A saudade é tanta que estou com ansiedade. Apesar de todas as batalhas, o amor sempre prevalece”.

A missão no Líbano ocorreu de 15 de setembro de 2018 a 15 de março de 2019, quando a Fragata “Liberal” foi substituída pela Fragata “União”, também da Marinha do Brasil. Após desatracar do Porto de Beirute, no Líbano, no dia 16 de março, a “Liberal” passou pelos portos de Valência (Espanha), Las Palmas (Espanha), chegando a Natal.

Cruzeiro Seabourn Quest atracou no Porto de Natal neste sábado (30)

O Porto de Natal recebeu neste sábado, 30 de março, o Cruzeiro Seabourn Quest, que geralmente passa pela capital do Rio Grande do Norte pelo menos duas vezes por temporada. A embarcação de luxo saiu da Costa Oeste Americana, passou pelo Chile, Argentina, Uruguai e vem percorrendo a costa brasileira, tendo como última parada Recife (PE) e seguindo para Santarém (PA).

Os 418 passageiros são brasileiros, americanos, canadenses, espanhóis, britânicos e australianos que chegaram às 07h e partiram somente às 17h. Quatro deles decidiram ficar em Natal para curtir a Cidade do Sol por mais alguns dias. O navio tem ainda 369 tripulantes.

Os passageiros estão distribuídos em 225 amplas suítes de luxo, das quais 202 têm varanda e sete têm acesso facilitado para cadeiras de rodas. O navio dispõe de seis bares e salões para serem aproveitados a bordo, assim como um centro de fitness, salão de shows, piscinas, saunas, e uma marina retrátil que permite os hóspedes nadarem, praticarem o snorkel, windsurf, caiaque, ou ski aquático, sem terem que se ausentar do navio.

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) estima que o Seabourn Quest possa ter deixado até R$ 300 mil na economia da cidade, já que os turistas fazem passeios turísticos e compras, além de visitar shoppings e restaurantes. É uma média de gasto de R$ 200 dólares por passageiro.