Museu realiza comemoração pelos 84 anos do Porto de Natal

Sob a direção do Jornalista Aproniano César Fagundes Soares, o Museu do Porto de Natal comemorou na noite desta quinta-feira (27), os 84 anos do Porto de Natal, que teve decreto de criação publicado no Diário Oficial da União em 21 de outubro de 1932, assinado pelo presidente Getúlio Vargas, à frente do Governo Provisório da República dos Estados Unidos do Brasil. A inauguração oficial só ocorreu em 24 de outubro daquele ano.

A iniciativa da comemoração foi da direção do próprio Museu do Porto de Natal, contando com o apoio da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) e o patrocínio da JSF Logística Portuária e Natal Pilots.

O evento reuniu o presidente da CODERN, Emerson Fernandes Daniel Júnior e até o membro do Conselho de Administração da Companhia (CONSAD), o Senhor Augusto Pires, além dos representantes das empresas patrocinadores, admiradores do segmento, funcionários da CODERN e membros do Sindicato dos Portuários do Rio Grande do Norte.

Emerson Fernandes destacou a importância do trabalho de Aproniano César à frente do Museu do Porto de Natal: “É um trabalho completamente voluntário e sem fins lucrativos, onde o competente Jornalista Aproniano César, mesmo sem ter nenhum vínculo com a CODERN, decidiu realizar espontaneamente esse trabalho de suma importância por retratar a história do Porto de Natal e também da nossa Companhia Docas. Isso merece todo o nosso reconhecimento”.

Museu do Porto de Natal

Foi fundado em 27 de agosto de 2004, pelo Jornalista Aproniano César Fagundes Soares, pesquisador da história do Porto de Natal desde 1972, pioneiro em colunas portuárias com experiências nos jornais Tribuna do Norte, Diário de Natal, Jornal de Natal e Jornal de Hoje. Inicialmente funcionava na Esplanada do Jardim, Ribeira, sendo transferido para o Mercado de Petrópolis, onde recebe cotidianamente estudantes de ensino fundamental, ensino médio e universitários.

museu-do-porto-de-natal