“CODERN sofre efeitos da crise financeira pela falta de liberação de recursos orçamentários desde 2014″, diz presidente

O Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), Emerson Fernandes Daniel Júnior, foi entrevistado ao vivo nesta terça-feira (10), pela jornalista Margot Ferreira, na bancada do Jornal do Dia, que vai ao ar pela TV Ponta Negra, afiliada local do SBT. Emerson pontuou o crescimento nas movimentações dos Portos do Estado desde 2014, conclamou a classe política e empresarial para união pelo setor portuário e ainda falou da crise econômica brasileira que também atinge a CODERN.

“Apesar do crescimento em nossas movimentações desde 2014, a CODERN também sofre com os efeitos da crise econômica que passa o Brasil, pela falta de repasses dos recursos previstos no Orçamento. Temos aplicado os nossos recursos arrecadados pelas nossas movimentações, na manutenção dos Portos, para poder manter os equipamentos em funcionamento”, declarou Emerson.

Emerson externou uma boa expectativa no que se refere a movimentação também para 2017: “Nossa expectativa é manter o mesmo número da temporada passada na atual para os navios cruzeiros, e teremos aumento em outras cargas, como equipamentos eólicos, recebendo nove navios em 2017”.

Por fim, Emerson voltou a afirmar que para o crescimento e fortalecimento da economia do Rio Grande do Norte é necessário que a classe política e empresarial se una pelos Portos: “Nós temos aqui uma estratégica importância para a economia a nível de país, pela presença do Terminal Salineiro de Areia Branca, responsável pela movimentação de até 95% do sal produzido no Brasil”.

Nos próximos dias, a CODERN estará convidando a imprensa para uma coletiva, onde serão apresentados os dados referentes a movimentação no Porto de Natal e Terminal Salineiro de Areia Branca.

dr-emerson-no-jornal-do-dia