CODERN realiza audiência pública para discutir construção do Berço 04 e sistema de proteção na Ponte Newton Navarro‏

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) realizou uma audiência pública nesta quarta-feira (25), com o objetivo de discutir a construção do Berço 04 do Porto de Natal, atracadouro para pesca artesanal e sistema de proteção contra colisões dos pilares centrais da Ponte Newton Navarro.

Os três diretores da CODERN acompanharam a audiência: Emerson Fernandes Daniel Júnior (Diretor-Presidente), Gustavo Henrique Teixeira de Faria (Diretor Administrativo e Financeiro) e Hanna Yousef Emile Safieh (Diretor Técnico-Comercial).

O Plano de Modernização Portuária (PMA) foi apresentado na audiência pública por Valdenor Júnior, Engenheiro Civil da Companhia. “Através do estudo sobre as demandas futuras e dos dados físicos da região portuária do Porto de Natal, foi possível criar um plano de modernização portuária, permitindo assim que a nova demanda de navios possa atracar na região, aumentando sua eficiência de trabalho”, explica Valdenor.

No PMA estão incluídos o seguinte conjunto de obras:

  • Construção do Berço4;
  • Construção da Retroárea, atrás do Berço 4;
  • Cortina de contenção dos Berços 1, 2e 3, para aumento do calado nas áreas de atracação;
  • Edificações na área da retroárea do Berço4;
  • Edificações na área externa ao terminal portuário;
  • Sistemas/redes na retroárea; •Sistemas/redes na área externa (iluminação, energia, água potável, incêndio);
  • Atracadouro para embarcações da pesca artesanal;
  • Sistema de Defensas dos pilares centrais e secundários da Ponte Newton Navarro.

A construção do Berço 04 alinhado ao Berço 03 permitirá que o Porto de Natal tenha um cais com 360m contínuo e alinhado, permitindo o atendimento de embarcações modernas.

O valor aproximado da obra é de R$ 300 milhões.

Foto: Assessoria

z48