CODERN prestigia exposição no Museu do Porto de Natal

O Jornalista Aproniano César Fagundes Soares, Diretor e Idealizador do Museu do Porto de Natal, realizou na noite desta sexta-feira (23) a exposição “Marintec South América”, onde os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer relíquias da história do Porto de Natal, como lembranças do derrocamento da Pedra da Bicuda, as primeiras toneladas de trigo importadas para o Grande Moinho Potiguar, além de pedaços das primeiras toneladas de ferro que foram exportadas.

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) prestigiou o evento através do Assessor de Comunicação Social, o jornalista Heitor Gregório, que na oportunidade parabenizou o idealizador do trabalho: “A CODERN só tem a parabenizar Aproniano César pelo trabalho de preservação da história do Porto de Natal”.

Atualmente funcionando no Mercado de Petrópolis por incentivo da Prefeitura de Natal, o Museu do Porto precisa de um espaço maior e com mais estrutura para os seus visitantes. “Nós vamos iniciar um diálogo junto à Presidência da CODERN, sobre a possibilidade do Museu do Porto de Natal ser instalado nas dependências da empresa, pois assim os alunos e visitantes poderão conhecer melhor a nossa história”, afirmou Heitor Gregório.

O evento também foi prestigiado por Sebastião Paulino, responsável pelo serviço de praticagem; e pelo presidente do Sindicato dos Estivadores, Lenilton Caldas.

IMG_7538