Arquivo do autor:Assessoria Comunicação

Nota à Imprensa – Dia 21/02

Nota à Imprensa

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) recebeu comunicado nesta quinta-feira (21) da CMA-CGM, reafirmando sua disposição em continuar sendo um ator de destaque no Porto de Natal e continuar sua contribuição com o desenvolvimento do Nordeste, atendendo aos clientes locais, exportadores de frutas.

Em nenhum momento a empresa disse que vai encerrar suas atividades no Porto de Natal. Ao contrário, segue com a programação de navio para o próximo dia 06 de abril. E em março, várias operações portuárias estão programadas sob o acompanhamento de sempre da Receita Federal, Polícia Federal, Anvisa, Ministério da Agricultura e Capitania dos Portos.

Enfatizamos que o pleito para a instalação de um scanner para contêineres no Porto de Natal já foi feito ao Governo Federal em outras ocasiões, não tendo sido possível o atendimento em virtude da crise econômica que atingiu o Brasil, mas reiteramos que novos diálogos já foram iniciados e já estamos fazendo uma atualização orçamentária para a possível compra do equipamento.

Assessoria de Comunicação
Companhia Docas do Rio Grande do Norte – CODERN

Nota à Imprensa – Dia 20/02

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) não foi comunicada sobre a suspensão de atividades da CMA-CGM no Porto de Natal, pelo contrário, tivemos um navio da empresa no último fim de semana e já temos outro confirmado para o próximo dia 06 de abril.

Ressaltamos que durante o mês de março estão previstas operações portuárias em Natal para desembarque de trigo, embarque de sal, recebimento de navio de passageiros e várias embarcações de pequeno porte, o que configura o funcionamento normal do Porto.

Assessoria de Comunicação
Companhia Docas do Rio Grande do Norte – CODERN

Movimentação Portuária cresceu em 2018

O setor portuário, formado pelos portos organizados e os terminais privados, movimentou 1,117 bilhão de toneladas em 2018. O valor representa um crescimento de 2,7% em relação a 2017, de acordo com os dados da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ). Entre 2010 e 2018, a Agência registrou um incremento de 33% na movimentação de cargas no país.

Em 2018, os portos públicos movimentaram 374 milhões de toneladas, um aumento de 2,6% em comparação com 2017. Os terminais privados foram responsáveis por movimentarem 743 milhões de toneladas no ano passado, um crescimento de 2,8% na comparação com 2017.

No caso do Rio Grande do Norte, o Terminal Salineiro de Areia Branca teve o terceiro maior recorde da sua história, ao movimentar em 2018 2.438.037 toneladas. Em 2017, a movimentação tinha sido 1.990.003 toneladas.

Já o Porto de Natal movimentou em 2018, um total de 753.770 toneladas, e em 2017 a movimentação foi de 805.910 toneladas.