Arquivo do autor:Assessoria Comunicação

CODERN alcança melhor nível na avaliação das estatais federais

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) alcançou o melhor nível, subindo do 3 para o 1, no 4º Ciclo do Indicador de Governança da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (IG-SEST), instrumento de acompanhamento contínuo da governança das Empresas Estatais Federais de controle direto da União. A divulgação oficial dos resultados e a entrega da certificação foram realizadas nesta sexta-feira (09), pelo Secretário Executivo Adjunto do Ministério da Economia, Miguel Ragone. E contando com a presença ainda de Ricardo Faria, diretor de Governança e Avaliação das Estatais, e do Secretário de Coordenação e Governança das Empresas Estatais, Fernando Soares.

“A certificação de melhor nível de avaliação do IG SEST mostra a eficiência da gestão e a nossa preocupação com os indicadores de governança, que representam estratégias fundamentais para o crescimento da CODERN”, afirma o Diretor-Presidente Elis Treidler Öberg, que recebeu o certificado.

O Indicador foi desenvolvido pela SEST com o objetivo de avaliar o cumprimento dos requisitos exigidos na Lei de Responsabilidade das Estatais (Lei nº 13.303, de 30/06/16), que buscam implementar as melhores práticas de mercado e maior nível de excelência em governança corporativa nas Empresas Estatais Federais.

A Secretaria mede as melhorias utilizando como instrumento de controle contínuo o Indicador de Governança – IG-SEST. A metodologia aplicada é composta pelas seguintes dimensões: gestão, controle e auditoria; transparência das informações e, por fim, conselhos, comitês e diretoria. Segundo a metodologia, a partir dos resultados apresentados no período, são aferidas notas de classificação e certificação da empresa.

Corveta “Barroso” atraca no Porto de Natal antes de seguir para Missão de Paz no Líbano

A Corveta “Barroso”, da Marinha do Brasil, atracou no porto de Natal, nesta quinta-feira, e permanecerá na cidade até domingo, quando seguirá para atuar como Navio Capitânia da Força-Tarefa Marítima (FTM), da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL), missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU). Os interessados podem visitá-la, com entrada pelo Terminal Marítimo de Passageiros, na Ribeira, neste sábado (10), das 14h às 17h.

O navio deixou a Base Naval do Rio de Janeiro no dia 4 de agosto, e, além de Natal, realizará escalas logísticas em Funchal (Portugal) e Toulon (França), com previsão de chegada em Beirute (Líbano) no dia 7 de setembro. A partir de 15 de setembro, a Corveta integrará a FTM-UNIFIL em substituição à Fragata “União”, que participa da operação desde março deste ano.

Em setembro de 2015, a Corveta Barroso notabilizou-se ao resgatar 220 refugiados no Mar Mediterrâneo, que se encontravam à deriva em uma embarcação precária a cerca de 300 quilômetros da Sicília. Tal ato mostrou ao mundo a competência, a humanidade e a solidariedade daqueles que realizam esta tarefa gloriosa de prover a paz.

A FTM-UNIFIL realiza operações de interdição marítima na costa a fim de impedir a entrada não autorizada de armas pelo mar em território libanês. Outro aspecto importante da missão é contribuir para o treinamento da Marinha do Líbano, com o objetivo de capacitar a Força Naval do país para a execução independente de tarefas de segurança marítima.

A UNIFIL foi criada pela Organização das Nações Unidas em 1978 e conta, atualmente, com a participação de diversos países, incluindo o Brasil, e com aproximadamente 12 mil militares e policiais, além de funcionários civis. No dia 29 de setembro de 2011, a Marinha do Brasil (MB) foi autorizada pelo Congresso Nacional a enviar um navio para integrar a FTM da UNIFIL. A presença do navio brasileiro naquela região contribui para a garantia da paz e da segurança no Sul do Líbano.

Diretor-Presidente da CODERN solicita apoio à bancada federal para melhorias no Porto de Natal e no Terminal Salineiro de Areia Branca

O Diretor-Presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), Elis Treidler Öberg, tem se reunido frequentemente com os membros da bancada federal potiguar para tratar de demandas do Porto de Natal e do Terminal Salineiro de Areia Branca. A atual solicitação é para a liberação de recursos já previstos no orçamento de 2019 e emendas para 2020.

Foram realizadas audiências com os três senadores, Jean-Paul Prates, Styvenson Valentim e Zenaide Maia, e com os deputados federais Benes Leocádio, Beto Rosado, Fábio Faria, General Girão, João Maia e Rafael Motta.

Essa relação institucional será permanente com todos os parlamentares: “A bancada federal tem sido solícita com a CODERN, demonstrando apoio aos nossos pleitos e destacando a importância dos Portos para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, avalia o Diretor-Presidente.