Atendendo pleito da CODERN, senador José Agripino viabiliza emenda para o Porto-Ilha no Orçamento 2017

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) foi comunicada nesta sexta-feira (16), que o senador José Agripino Maia (DEM-RN) conseguiu incluir no Orçamento de 2017 uma emenda de R$ 10 milhões para obras de manutenção do Terminal Salineiro de Areia Branca. O anúncio foi feito após reunião do parlamentar com o relator do Orçamento 2017, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), onde também participou o presidente da Comissão Mista de Orçamento, deputado federal Arthur Lira (PP-AL).

O pleito foi feito ao senador José Agripino pelo presidente da CODERN, Emerson Fernandes Daniel Júnior, em audiência no dia 09 de novembro, após agenda no Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil para se buscar recursos e melhorias na infraestrutura do também chamado Porto-Ilha.

“Fomos à Brasília tratar naquele momento especificamente dos problemas estruturais que atingem o Terminal Salineiro de Areia Branca, equipamento fundamental não só para o Rio Grande do Norte, mas para o Brasil. Nele passa 95% do sal produzido no país e contribui para a geração de 25 mil empregos diretos e indiretos no Rio Grande do Norte, através da indústria do sal”, justifica Emerson Fernandes.

O Orçamento Geral da União foi votado e aprovado pelo Congresso Nacional na noite desta quinta-feira (15) e agora segue para sanção presidencial. Vale ressaltar que o valor de R$ 10 milhões incluído no orçamento para o Porto-Ilha, ainda terá todo um trâmite regimental e constitucional a ser percorrido, portanto, não está disponível imediatamente para uso da CODERN.

terminal